“Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu. Para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor. E o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser. Que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver”
Amyr Klink

terça-feira, 27 de junho de 2017

Passau, Alemanha - ao redor dos Alpes 2017

Passau fica perto da fronteira austríaca, numa península entre os rios Danúbio e Inn. Habitada desde o período romano foi destruída por incêndios e reconstruída por artistas italianos mas o traçado de suas ruas mantém o padrão medieval, por isso mesmo a melhor vista da cidade se tem de fora dela como mostra esta gravura do meu quarto.



segunda-feira, 26 de junho de 2017

Amberg e Regensburg , Alemanha - ao redor dos Alpes 2017

O centro antigo de Amberg tem formato oval e preserva muralhas e portões mas é mais conhecido pela Stadtbrille (óculos da cidade), uma ponte sobre o Rio Vils cujo reflexo lembra um óculos, e foi por aqui que entramos.


quinta-feira, 22 de junho de 2017

Nuremberg, Alemanha - ao redor dos Alpes 2017

Nuremberg ou Nurnberg é a segunda maior cidade da Baviera e existe desde 1.050 como um núcleo comercial. Em 1.219, sendo uma cidade livre do Sacro Império Romano, tornou-se um centro de arte. No século XX era considerada o berço do Partido Nazista que aqui construiu lugares próprios para desfiles e comícios e também foi o local onde seus líderes foram julgados no histórico Julgamento de Nuremberg.
Seu centro antigo, rodeado por extensas muralhas e torres, é dividido pelo Rio Pegnitz e sofreu grande destruição com os bombardeios da Segunda Guerra Mundial. Hoje apresenta uma mistura do antigo e do novo.

de um lado o novo, do outro o antigo

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Freiberg e Lauf an der Pegnitz, Alemanha - ao redor dos Alpes 2017

Saindo de Dresden nossa primeira parada foi em Freiberg, um antigo núcleo mineiro de prata que se tornou cidade em 1.186. Seu centro histórico quase não sofreu danos durante a Segunda Guerra e permanece preservado cercado por torres e parte das muralhas.



Seu castelo, Schloss Freudenstein, foi construído para proteger a "cidade da prata" mas hoje é a "terra mineralia" com a maior mostra de minerais do mundo.




terça-feira, 20 de junho de 2017

Suíça Saxônica e Konigstein, Alemanha - ao redor dos Alpes 2017

Saindo de Pirna logo chegamos na Fortaleza de Konigstein, construída no séc. XVI no local onde ficava um castelo medieval é gigantesca e o acesso é feito ou por trilha ou por um trenzinho. No local que sai o trenzinho há um estacionamento coberto e lojas.






segunda-feira, 19 de junho de 2017

Dresden e pequenas cidades ao redor do Rio Elba, Alemanha - ao redor dos Alpes 2017



Dresden é uma das mais belas cidades alemãs e no séc. XVIII era um importante centro cultural possuindo construções magníficas mas no final da Segunda Guerra Mundial foi bombardeada maciçamente pelas forças aéreas britânicas e americanas. Hoje seu centro antigo já se encontra totalmente restaurado e é uma beleza.



sexta-feira, 16 de junho de 2017

Leipzig, Colditz e Meissen, Alemanha - ao redor dos Alpes 2017

Saindo de Berlim nosso destino era Dresden e são muitas as opções de trajeto entre as duas cidades. Um dos passeios mais populares próximo a Berlim é Potsdam com seus jardins mas nos tomaria muito tempo e escolhemos conhecer as cidades de Colditz e Meissen passando por Leipzig.

Nosso interesse em Leipzig foi conhecer o Monumento da Batalha das Nações, considerado o maior monumento da Europa foi construído para homenagear a vitória de exércitos da coalizão contra o exército francês comandado por Napoleão, no local onde ocorreu a batalha em 1.813. O exército de coalizão reunia soldados da Prússia, Áustria, Suécia e Rússia e com o exército francês havia soldados poloneses e italianos, num total de 600.000 sendo considerada a maior batalha antes da Segunda Guerra Mundial.



terça-feira, 13 de junho de 2017

Berlim, Alemanha - ao redor dos Alpes 2017

Gostamos muito de Berlim quando a conhecemos em 2009, na época ficamos num hotel na parte ocidental da cidade desta vez escolhemos um hotel próximo a principal avenida da parte oriental, Unter den Linden, próximo a uma estação de metrô e a uma loja  Hertz. Reservamos um transfer da german transfer pois a diferença entre um transfer particular e um táxi é mínima e já conhecíamos o serviço desta empresa.

Estávamos próximos ao Check Point Charlie e esta região foi recriada por um artista austríaco, Yadegar Asisi,  na época da existência do muro e mostra a cidade dividida num grande painel de 360º, chama-se Panorama. O lugar impressiona, as pessoas parecem reais, são muitos os detalhes, pena as fotos não conseguirem mostrar exatamente aquilo que vimos.





segunda-feira, 12 de junho de 2017

Introdução - ao redor dos Alpes 2017

A ideia deste roteiro surgiu na viagem que fizemos no ano passado pelos Balcãs. Quando chegamos em Bled ocorreu uma nevasca fora de época e o caminho que faríamos pelo norte da Eslovênia encontrava-se bloqueado pela neve, a opção dada pelo GPS foi atravessar a fronteira da Itália e o retorno a ela foi por uma estrada entre montanhas nevadas, um caminho que nos encantou, este dia está relatado aqui, fazendo surgir a ideia de uma viagem rodeando os Alpes, fazendo os famosos "passos" de montanha da Suíça e os passos entre as Dolomitas da Itália. Lugares próximos que acabaram ficando de fora em outras viagens foram acrescentados como Hallstatt na Áustria, Suíça Saxônica na Alemanha, Passau na fronteira entre Alemanha, Áustria e República Tcheca entre outras.


segunda-feira, 27 de março de 2017

Praia do Forte, Bahia - Brasil 2017

O local escolhido para comemorarmos o aniversário do Carlos neste ano foi a Praia do Forte, decisão baseada na facilidade e rapidez de chegar ao lugar, na beleza das praias e na sua vila encantadora além do famoso Projeto Tamar.



terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Las Vegas, Nevada - desertos, canyons e Las Vegas USA 2016

Finalmente chegamos em Las Vegas onde ficamos 3 dias. São muitos os blogs especializados na cidade, aqui vou relatar somente as nossas escolhas e experiências. Optamos pelo show Love do Cirque du Soleil que acontece no  Hotel Mirage, próximo a este hotel ficam outros hotéis muito interessantes e que queríamos conhecer então estava definida a área onde nos hospedaríamos. Nesta localização fica o Hotel Best Western Plus Casino Royale que se resume a um casino e a um pequeno edifício de 2 andares com quartos, sem nada do exagero tão frequente na cidade  mas com um custo benefício excelente; pela metade do preço tivemos boas noites de sono, tomamos café da manhã cada dia em um lugar, curtimos os maravilhosos hotéis próximos, vimos os shows das águas do Bellagio assim como o do vulcão do Mirage e ainda percorremos boa parte da Strip a pé mesmo.

nosso discreto hotel rodeado pelo suntuoso Hotel Venetian

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Rota 66 e Hoover Dam, Arizona e Nevada - desertos, canyons e Las Vegas USA 2016

Neste dia iríamos para Las Vegas, nossa última parada, e nesses mais de 400 km aproveitamos para conhecer um trecho da famosa Rota 66. Esta estrada construída entre 1.933 e 1.938 ia de Chicago para Los Angeles num total de 3.945 km interligando vários municípios rurais; foi tão importante que ficou conhecida também como "Mother Road" ou Estrada Mãe. Muitos dos importantes artistas dessa época ficaram  associados a ela como Elvis Presley, Marilyn Monroe, James Dean entre outros assim como muitos filmes a usaram como cenário sendo "Easy Rider" ou Sem Destino um dos mais emblemáticos.

Com a construção de modernas auto estradas acabou por ser abandonada e muitas das cidades que cresceram ao seu redor entraram em declínio; mas o culto a ela por representar o espírito americano possibilitou a essas cidades explorarem o saudosismo daquela época. Desde 1.985 a Rota 66 não faz parte do sistema oficial de transporte americano e passou a se conhecida como "Histórica Rota 66".

Dentre essas cidades Williams foi a primeira que conhecemos; são muitas as referências à estrada, a começar pela entrada da cidade.



quinta-feira, 24 de novembro de 2016

domingo, 20 de novembro de 2016

Grand Canyon - Desert View Road, Arizona - desertos, canyons e Las Vegas USA 2016

O Parque Nacional do Grand Canyon, criado em 1.919, abrange uma área de 4.926,7 km2 sendo 446 km de comprimento com até 29 km de largura e chegando a uma profundidade de 1,8 km. Essa enorme fissura vem sendo causada, há pelo menos 17 milhões de anos, pelo Rio Colorado que nasce no Parque Nacional de Rocky Mountains no estado do Colorado, atravessa vários outros estados até desembocar no Oceano Pacífico. Nesse percurso de 2.334 km a erosão causada originou grandes mudanças na paisagem e que hoje são áreas protegidas como o Zion Park, o Bryce Canyon Park e Capitol Reef Park entre outros. Dentre eles o Grand Canyon é o mais conhecido e o mais grandioso recebendo cerca de 4,5 milhões de visitantes anualmente.



terça-feira, 15 de novembro de 2016

Sedona, Arizona - desertos, canyons e Las Vegas USA 2016

A ansiedade por conhecer Sedona era grande pois sabíamos que era a mais bonita e interessante entre as cidades que visitaríamos nesta viagem, com exceção de Las Vegas claro. Aqui a natureza se faz presente através de rochas avermelhadas em vários formatos, as Red Rocks que formam o Oak Creek Canyon.

Outra característica  é seu lado místico já que se acredita que as rochas avermelhadas são vórtices, lugares onde a energia do planeta se concentra favorecendo a meditação e a harmonia; em decorrência disso muito do comércio é voltado para essa área.

Nossa primeira parada foi no aeroporto já que daqui tem-se uma vista global da cidade e da região.