“Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu. Para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor. E o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser. Que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver”
Amyr Klink

sábado, 26 de outubro de 2013

Burgos, Castilla e León - Espanha 2013

Fundada em 884 Burgos sempre teve um importante papel político e militar na Espanha. Em 1029 tornou-se sede episcopal e na Idade Média enriqueceu com o comércio de lã sendo dessa época seus principais monumentos. Durante a Guerra Civil Espanhola foi sede do governo Franco e desempenha também grande papel religioso fazendo parte do Caminho de Santiago.

O Rio Arlazón corre ao lado do centro histórico tendo ao seu redor um parque arborizado, o Passeio de Espolón.

Passeio de Espolón

A entrada no centro histórico se faz pelo Arco de Santa Maria que era a principal porta da cidade fazendo parte das muralhas aqui erguidas no séc. XIV. Sua fachada, que lembra um castelo gótico, possui imagens esculpidas de personagens históricos da cidade.

Arco de Santa Maria
Dentre esses personagens destaca-se El Cid, um cavaleiro que lutou contra os mouros no séc. XI e tornou-se um mito. Além do arco El Cid também é homenageado com uma estátua na Ponte San Pablo e encontra-se enterrado, junto com sua esposa, na Catedral de Burgos.

El Cid
Passando pelo arco chega-se numa grande praça, de frente para a Catedral.

Catedral
Dentre as catedrais da Espanha esta é a terceira em tamanho. Sua construção iniciada em 1221 demorou três séculos. Possui escadas exteriores e interiores para compensar a inclinação do terreno. É um templo gótico inspirado na catedral francesa de Reims.

Sua fachada principal é a Porta de Santa Maria mas é a Porta de Sarmental, com uma roseta e estátuas dos reis de Castilla, a mais bonita.

Porta de Sarmental
A visita com áudio guia foi muito esclarecedora ao custo de 7 euros por pessoa. Abaixo algumas fotos do seu interior.

Zimbório, cuja cúpula cobre o túmulo de El Cid
Capela de São Henrique
Porta do Claustro
Roseta da Porta de Santa Maria e o Papa Moscas que abre e fecha a boca na hora cheia

Capela de Santa Ana, a árvore de Jessé se desenvolve a partir do abraço dos pais da Virgem Maria
Escada Dourada, compensa o desnível entre o templo e a rua
Capela dos Condestáveis, a mais luxuosa
detalhes da cúpula da Capela dos Condestáveis
Claustro Alto
claustro
El Cid





























2 comentários: