“Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu. Para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor. E o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser. Que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver”
Amyr Klink

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Sauveterre-de-Béarn, Lourdes e Toulouse, França - França e Espanha 2017

Continuando nosso último dia de viagem passamos por Sauveterre-de-Béarn, uma linda e bucólica cidade às margens do Rio Oloron em cujas frias águas acontece campeonatos mundiais de pesca de salmão; mas o que viemos ver no Rio Oloron foi o arco que sobrou da ponte fortificada que ali estava, melhor visto do alto, ao lado da Eglise Saint-André.

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Biarritz e Saint-Jean-Pied-de-Port, França, França e Espanha 2017

Biarritz é um antigo porto baleeiro que se tornou o balneário preferido da imperatriz Eugenia, esposa de Napoleão III, tornando-o o local preferido de muitos da nobreza e de ricos turistas. A residência de Eugenia, o Palais, é hoje um dos grandes hotéis de luxo do país.

Mas para nós, pobres mortais, nos encantou chegarmos na cidade com sol, depois de um dia inteiro feio e chuvoso pela Espanha, e encontrarmos muitas pessoas aproveitando a pequena praia em frente ao nosso hotel.



sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Zumaia e San Juan de Gaztelugatxe, Espanha - França e Espanha 2017

Desde que vi pela primeira vez uma foto da ilhota de Gaztelugatxe ela entrou no rol dos lugares a conhecer e a oportunidade surgiu nesta viagem. A ilhota pertence ao município de Bermeo e está ligada ao continente por uma ponte de onde sai uma escadaria com 237 degraus que leva a Igreja San Juan de Gaztelugatxe com origem nos Cavaleiros Templários.


quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

San Sebastian e Hondarribia, Espanha - França e Espanha 2017

Estando tão perto da fronteira com a Espanha não poderíamos deixar de conhecer uma cidade tão importante como San Sebastian ou Donostia na língua basca; cidade litorânea com belas praias, excelente infra estrutura e identidade própria, afinal é basca...

Começamos vendo ela do alto, subindo o Monte Igeldo, fomos de carro mas é possível ir de funicular. Para entrarmos na área de estacionamento tivemos que pagar uma taxa por pessoa pois lá no alto há um parque de diversões mas o que nos interessava era a vista, apesar do dia estar nublado. De lá víamos a Praia Ondarreta, a Baía de la Concha, a Ilha de Santa Clara e o outro monte, o Monte Urgull.





terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Bordeaux, Saint Émilion e Hendaye, França - França e Espanha 2017

Bordeaux é, desde a era pré romana, um importante porto do comércio europeu e atualmente é a quinta maior cidade da França possuindo um grande polo industrial e marítimo. O nosso interesse era o seu centro antigo com mansões do séc. XVIII, aqui o que mais nos chamou atenção foi o espelho d'água entre o Rio Garonne e a Place de la Bourse com nobres edificações.







segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

La Rochelle, Cognac, Saintes e Albeterre-sur-Dronne, França - França e Espanha 2017

Quando chegamos em La Rochelle a sorte dos outros dias não se repetiu, o sol não apareceu e o dia continuou chuvoso mas apesar disso muitos passeavam pelo velho porto, sua parte mais concorrida.



sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Vilarejos adoráveis na região de Poitou-Charentes, França - França e Espanha 2017

Chegamos em Montmorillon num sábado a tarde e apesar do dia ter sido chuvoso e nublado aqui encontramos um entardecer com sol. Com origem no séc. XI hoje é conhecida como Cidade dos Livros e Escrita, atraindo entusiastas da leitura e possuindo no seu centro antigo muitas livrarias. Este centro antigo cresceu nas duas margens do Rio Gartempe e daqui se avistam seus principais monumentos,






quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Oradour-sur-Glane, La Cité Martyre, França - França e Espanha 2017

Neste dia praticamente cruzamos a França de leste a oeste, foram mais de 400 km até chegarmos a Oradour-sur-Glane conhecida como La Cité Martyre em decorrência do massacre de civis que aqui ocorreu em 10 de junho de 1.944.





terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Beaune, França - França e Espanha 2017

Beaune é uma cidade medieval cercada por muralhas que possui no seu centro antigo um hospital, o Hôtel-Dieu. A Guerra dos Cem Anos ainda acontecia, a cidade estava muito pobre e a maioria dos seus moradores era considerada indigente, foi nesse cenário que Nicolas Rolin, chanceler do Duque da Borgonha, e sua esposa decidem construir um hospital para pobres graças a recursos próprios vindos de suas videiras. Isso ocorreu em 1.443 e o hospital recebeu pacientes até 1.971. Durante todo esse tempo viveu de doações sendo ampliado e recebendo obras de arte tornando-se finalmente um Monumento Histórico.

Se você se encantou com toda essa maravilhosa história espere para ver os detalhes dessa construção magnífica.




quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Blois e Chambord, França - França e Espanha 2017

O Château de Blois foi a principal residência da realeza até 1.598 quando a corte foi transferida para Versalhes; aqui viveram 6 reis e 10 rainhas durante dois séculos. Não exploramos a cidade, preferimos ir direto para o château e estacionamos próximo a ele.





quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Chaumont-sur-Loire, Chenonceaux e Tours, França - França e Espanha 2017

Chaumont-sur-Loire é um castelo que mistura o gótico e o renascentista e tem uma história peculiar, sua dona era Catarina de Médici que após a morte de seu marido, Henrique II, convenceu sua amante, Diane de Poitiers, a trocar o Château de Chenonceaux (presente de Henrique II) pelo Château de Chaumont. Atualmente é uma propriedade particular e participa do Festival Internacional de Jardins.



terça-feira, 28 de novembro de 2017

Amboise, França - França e Espanha 2017

Amboise foi a nossa base no Vale do Loire, dormimos aqui por três noites, antes de chegarmos conhecemos Angers, Saumur, Brézé e Azay-le-Rideau, durante nossa estadia exploramos Chaumont-sur-Loire, Chenonceaux, Villandry, Tours além dos dois castelos que ficam na própria Amboise e saindo passamos por Blois e Chambord. Consideramos que foi uma ótima escolha, a cidade é pequena, muito agradável, possui boas lojas de produtos locais, bons restaurantes e o acesso aos demais castelos foi bem fácil.

A cidade também nos encantou logo no primeiro dia nos recebendo com mais um grande pôr do sol, desta vez às margens do Rio Loire, pessoas pescando contra a maré e o Château Royal ao lado.






quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Brézé, Saumur, Azay-le-Rideau e Villandry, França - França e Espanha 2017

Dentre os castelos mais visitados do Vale do Loire o Château de Brézé não costuma constar mas quando li que o atual castelo renascentista foi construído sobre uma estrutura medieval de túneis e grutas resolvemos conhecê-lo e não nos arrependemos.

Sua bela estrutura renascentista está rodeada por videiras e ocupa uma grande área.




terça-feira, 21 de novembro de 2017

Nantes e Angers, França - França e Espanha 2017

Nantes é uma cidade grande e moderna e se hoje é a principal cidade do Vale do Loire anteriormente era parte da Bretanha mas a nós interessava a parte antiga, medieval, seu château e sua igreja. Chegamos num domingo ensolarado e muitos aproveitavam o dia nos jardins do Château des Ducs de Bretagne.





quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Rochefort-en-Terre e Clisson, França - França e Espanha 2017

Para nos despedirmos da Bretanha, região que muito nos agradou, escolhemos uma pequena cidade medieval listada entre as mais belas cidades francesas, Rochefort-en-Terre que começou com um castelo do séc. XII hoje em ruínas. Por um belo caminho chegamos ao local onde ficam as ruínas e o novo castelo construído em 1.920. Além do château o local abriga um belo jardim e o Museu Naia.




segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Josselin, Concarneau, Carnac e Vannes, França - França e Espanha 2017

Este seria um dia longo, atravessaríamos a Bretanha em direção oeste e escolhemos estes lugares para conhecer. Primeiro passamos por Josselin que é dominada por um grande château medieval às margens do Rio Oust, interessante que ele fica numa área plana e baixa da cidade. Sua construção é do séc. XV e quatro de suas nove torres são originais. Só permite visitas guiadas, e em inglês somente nos meses de julho e agosto.



quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Monte Sainte-Michel, França - França e Espanha 2017

Este dia era dedicado unicamente para conhecer o Monte Saint-Michel. Escolhemos um hotel fora das muralhas, na pequena cidade La Caserne. Esta região possui uma área de estacionamento gratuita própria, acessível por uma cancela que é aberta por um código oferecido pelo hotel reservado. Desta área saem os ônibus gratuitos, navettes, que funcionam das 7:30h até a meia-noite.

Atualmente não se pode chegar até o Monte Sainte Michel com o carro, foi realizado um processo para recuperação da baía onde ele está localizado com a construção de uma barragem e de uma pista por onde circulam os ônibus. Este trajeto tem 1,2 km e dura cerca de 12 min levando o turista a 350 metros das muralhas. Hoje o sistema funciona como mostra o mapa abaixo.




segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Fougères e Vitré, França - França e Espanha 2017

Fougères se encontra na fronteira entre Bretanha e Normandia e junto com Vitrè e outras cidades fazia parte de um sistema defensivo quando a Bretanha ainda não pertencia à França. Chamada de cidade-fortaleza está localizada numa colina rodeada pelo Rio Nançon tendo na parte alta a Igreja de St. Léonard do séc. XVI e a prefeitura e na parte baixa a sua incrível fortaleza cuja construção começou no séc. XI.

Preferimos começar a nossa visita pela parte alta já que atrás da igreja há um jardim com vistas da região, da cidade e uma ampla vista da fortaleza.

Château de Fougères

Dinard, Cancale e Saint-Malo, França - França e Espanha 2017

Dinard é uma cidade litorânea, faz parte da Costa de Esmeralda, é um balneário chique com mansões de pedra. Sua praia principal é bem tranquila pois é uma enseada tendo um forte em frente.







quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Dinan, França - França e Espanha 2017

Dinan é uma linda cidade na Bretanha cuja Vieille Ville medieval está bem conservada com suas casas em madeirame, ruas de pedra e rodeada por muralhas. Aqui se destaca a Tour d'Horloge do séc XV.



segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Caen e as Praias do Desembarque, França - França e Espanha 2017

Caen foi campo de uma grande batalha entre alemães e aliados que destruiu grande parte da cidade mas conseguiu preservar uma boa parte do legado do Rei Guilherme, o Conquistador e sua esposa a Rainha Matilde como a Abadia dos Homens, a Abadia das Damas e o Château Ducal. A cidade é grande e eles ficam em direção opostas e acabamos por conhecer somente o château já que o nosso interesse aqui era visitar o Memorial de Caen no dia seguinte, porta de entrada para a visita às praias do desembarque.

Château Ducal

sábado, 28 de outubro de 2017

Étretat e Honfleur, França - França e Espanha 2017

Indo em direção ao Canal da Mancha Étretat desviava um pouco do nosso caminho que eram as praias do desembarque mas estando tão perto não podia deixar de conhecer a famosa falésia d'Aval que lembra uma tromba de elefante mergulhando no mar. Esperávamos praia e belas paisagens mas a cidade tem um astral ótimo, dá aquela vontade de ficar, sentar numa mesinha e ficar vendo a vida passar, adoramos.

Outra coisa interessante que aconteceu em praticamente todos os nossos dias na Normandia e na Bretanha, os dias começavam nublados, até chuvosos e aí as tardes ficavam lindas e ensolaradas. Não visitamos a última abadia pois começou a chover mas olha o céu quando chegamos em Étretat.




quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Rouen e Abadias do Baixo Sena, França - França e Espanha 2018

Rouen foi nossa porta de entrada na Normandia, cidade fundada pelos romanos fazendo parte de uma importante rota comercial no séc. III. Posteriormente foi invadida pelo normando Rollo (que somente na série Vikings era irmão de Ragnar) que recebeu uma proposta do rei francês Carlos III   que se defendesse as terras de outros invasores e se convertesse ao Cristianismo receberia essas terras como um Ducado, daí veio o nome Normandia para a região, isso aconteceu em 911 e durou até 1.201 quando foi anexada a França. Durante a Guerra dos Cem Anos a cidade cai sob o domínio inglês por várias décadas, é nesse período que a heroína francesa Joana d'Arc é presa e condenada. Por último foi ocupada pelos nazistas e parcialmente destruída sendo libertada pelos soldados canadenses.

Toda essa história aparece no seu centro histórico facilmente explorado a pé. Começamos pela grandiosa Notre Dame que foi eternizada em várias telas por Monet que se instalou num atelier em frente a catedral e a pintou em diferentes horários e diferentes exposições à luz solar.

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Vale do Somme e Memoriais da I Guerra Mundial, França - França e Espanha 2017

O roteiro inicial do primeiro dia saindo de Paris era um clássico: Giverny, Les Andelys terminando em Rouen mas quando soube que o Vale do Rio Somme possuía as mais bem preservadas trincheiras da I Guerra Mundial decidimos trocar, afinal um dos objetivos desta viagem eram  locais das guerras mundiais e não nos arrependemos, vimos memoriais enormes, muitos cemitérios, uma grande cratera e a certeza de que aqui aconteceu uma grande carnificina.

Nossa primeira parada foi em Péronne somente para ver o exterior do Museu Historial da Grande Guerra instalado no  Castelo Medieval da cidade tendo a frente um pombal já que os pombos-correios tiveram um importante papel na só na Primeira Guerra Mundial mas também em muitas outras.






segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Paris, França - França e Espanha 2017

Conhecemos Paris em 2008, num final de viagem, quando aqui passamos 5 dias. Desta vez de obrigatório somente subir a Torre Eiffel que não fizemos anteriormente, de resto queríamos só passear, seriam só 2 dias revendo seus belos pontos turísticos.

Escolhemos um hotel pequeno e acolhedor, Hotel Tivoli Etoile, ao lado do Arco do Triunfo com suas 3 linhas de Metro, muitos restaurantes e bares, a bela Champs Elysees e a duas quadras de uma locadora de carros.


Introdução - França e Espanha 2017

Em 2010 exploramos o Leste Europeu e conhecemos países que viveram um passado socialista assim como conhecemos guetos e campos de concentração vivenciando a triste perseguição aos judeus. Faltava conhecer a outra parte da história, a vitória dos aliados, as praias do desembarque no dia D e por isso escolhemos a França como destino; afinal a região norte do país além dessa parte histórica possui cidades e monumentos maravilhosos que há muito tempo desejávamos conhecer.



sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Mittenwald e Munique, Alemanha - ao redor dos Alpes 2017

Último dia de viagem, a ideia era subir até o Zugspite, conhecer Mittenwald e seguir para Munique de onde sairíamos no dia seguinte rumo ao Brasil mas o dia amanheceu nublado e ficamos em dúvida se valeria a pena ir até a montanha. Fomos primeiro até Mittenwald, também importante centro de esportes de inverno, possui uma linda igreja e é uma importante produtora de violinos, adoramos esta pequena e encantadora cidade.